/* ----- Customização do Leia mais (Jump-break) ----- */ .jump-link a:link, .jump-link a:visited, .jump-link a:hover { background: url(https://imagizer.imageshack.us/v2/260x60q90/233/botaocontinuelendo.png) no-repeat left top; padding: 5px; }

terça-feira, outubro 25, 2011

MEIO TERMO...

EU não sei quanto a vocês... mas é bem provável que sejam iguais a mim neste quesito, o equilíbrio entre o relaxado e o exagerado, aquilo que é visto com grande normalidade... o "meio termo".

Eu mesmo, era o maior gastador de grana que tinha, gastava a beça com coisas pequenas, tipo lanches, revistas e tals...e no final do mês... zerado... (claro que eu aprendi bem com meus pais a nunca me endividar, já que eles me deram exemplo)...


Bom... na tentativa de comprar coisas mais caras passei a economizar, e com isso... virei "mestre na arte oculta da Mão de vaca", então percebi, que isso era apenas uma das gotas que formavam meu balde...

A intensidade de praticamente tudo que eu faço depende do meu, do seu e do nosso"combustível mental"chamado motivação!!

Ai que entra o tão polêmico "hiperfoco",

Não, isso não nos faz virar o jimmy neutron que quando diz: "pensa, pensa,pensa" (se vc nunca viu essa animação da tv... ai pesquise no google)

No caso isso apenas nos revela o básico do DDA (que prestamos mais atenção em coisas que gostamos)

Então, como poderíamos controlar esse hiperfoco? (pros nerds: como virar o supersayajin?)

Existem 2 opções ja testadas por mim:

1- Aprender a gostar do que quer hiperfocar (como seu trabalho)

2- Usando a Auto-motivação por meio de perspectiva de recompensa (O que eu ganharia se me esforçasse nisso?)

Aproveite que é um sonhador e abuse disso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário